CÂMARA

Bancada apoia reivindicação dos guardas municipais

Guardas municipais querem ser incluídos na categoria de Força Nacional de Segurança e garantir previdência igual à dos policiais. Em reunião, deputados do PSD garantiram seu apoio


18 de abril de 2019

 

 

Reunião da bancada com guardas municipais: ideia é propor uma emenda à Constituição (PEC).

 

A inclusão, na Constituição Federal, das guardas municipais na categoria de Força Nacional de Segurança, assegurando aos seus profissionais uma previdência igual à dos policiais de todo país, terá o apoio de deputados federais do PSD. O anúncio foi feito após reunião na liderança do partido na Câmara entre parte da bancada e representantes de entidades do setor. “Precisamos fazer justiça com os profissionais desse setor e garantir uma previdência digna para esses funcionários que já atuam na segurança da população”, explicou Marco Bertaiolli (PSD-SP), autor da proposta.

A ideia é propor uma emenda à Constituição (PEC). Para isso, é necessário que 171 deputados subscrevam a proposta. “Nosso partido se uniu por esta causa. Já somos 36 assinando a PEC e com Bertaiolli vamos em busca de mais apoiadores. Precisamos ouvir a voz da população”, disse o líder do PSD, deputado André de Paula (PSD-PE), durante a reunião.

O deputado Wladimir Garotinho (PSD-RJ) participou da reunião e informou que o município do Rio já conta com sete mil guardas nas ruas. “Temos um deficit na polícia militar de 15 mil funcionários. Se pudéssemos contar efetivamente com os guardas municipais armados, auxiliaria ainda mais na segurança. Sou a favor do projeto”.

Também do Rio de Janeiro, a deputada Flordelis (PSD-RJ) parabenizou o partido pela proposta. “O trabalho dos guardas municipais no Rio é fundamental. Já os vi em ação, correndo atrás de bandido no centro da cidade apenas munidos de cassetete nas mãos, para proteger a população. Têm meu apoio total”.

O deputado Joaquim Passarinho (PSD-PA) participou do encontro na liderança e garantiu: “As guardas municipais já fazem um trabalho importantíssimo e devem ser reconhecidas como força de segurança sim. Assino e apoio a proposta com toda a bancada do meu partido e parabenizo o deputado Bertaiolli pela iniciativa”, disse.

Também o deputado Sidney Leite (PSD-PA) vai subscrever a PEC. “Essa será uma conquista para todos os Estados. Vamos ter uma frente maior para combater a violência que só cresce”.

O ex-líder da bancada, deputado federal Domingos Neto (PSD-CE) também mostrou solidariedade à causa dos guardas municipais. “Não tenho dúvida de que a palavra do nosso partido para defender a categoria será importantíssima nesse momento em que se discute a reforma da previdência”.

O deputado federal do PSD de Alagoas, Marx Beltrão, concordou. “Todos nós da bancada vamos apoiar o deputado Marco Bertaiolli nessa luta em defesa dos guardas municipais. Nossa intenção é defender uma aposentadoria diferenciada para eles. O engajamento de vocês, representantes do setor, é primordial nesse momento”, disse.

Fábio Trad (PSD-MS) falou sobre a importância do projeto. “Essa pauta une todos os Estados brasileiros. Nós que ouvimos a população, sabemos da importância da categoria. Mato Grosso do Sul está presente em defesa das guardas municipais”.

Vermelho, deputado pelo PSD do Paraná, também aprovou a medida. “A PEC fortalece nosso partido e mostra que estamos abertos a ouvir as reivindicações de diferentes setores. O Paraná está unido pelos guardas municipais”, disse.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter