ECONOMIA CRIATIVA

Consultor do Espaço Democrático em evento internacional

Economista Luiz Alberto Machado será um dos debatedores do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MicBR), que reúne cerca de 500 empresas na capital paulista


06 de novembro de 2018

Machado: “O profissional precisará de uma formação abrangente, que o capacite a assumir diversas ocupações”

 

As possibilidades profissionais geradas pelas indústrias criativas, em áreas como games, softwares, design, turismo, informática, gastronomia, moda e festas populares. Esse é o tema da mesa-redonda que será realizada nesta quinta-feira (8), das 14h às 16h, no Instituto Moreira Salles, em São Paulo, com a participação de Luiz Alberto Machado, economista e colaborador do Espaço Democrático, fundação do PSD para estudos e formação política.

Intitulado As Novas Profissões na Era da Economia Criativa, o debate integra a programação da primeira edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MicBR). Promovido pelo Ministério da Cultura (MinC) e a Agência Brasileira de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o megaevento reúne, até o dia 11, cerca de 500 empresas e 100 compradores internacionais. A expectativa é que o MicBR movimente mais de US$ 10 milhões em negócios.

Além de Machado, o debate tem participantes como o historiador e sociólogo Jair Marcatti e Letícia Menegon, professora da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, mantida pela Fundação Getúlio Vargas. “Vou focalizar muito essa questão de que prevalecerão as ocupações, não as profissões. O profissional precisará de uma formação abrangente, que o capacite a assumir diversas ocupações”, explica Machado, mestre em Criatividade e Inovação pela Universidade Fernando Pessoa, em Portugal.

O economista ressalta que, no Brasil, país que tem potencial para exercer protagonismo no setor, são poucos os cursos que contemplam a criatividade, “o que é um dos problemas para a formação de pessoas para trabalhar nessa área.” Machado também lembrou que a defesa da economia criativa é uma das bandeiras do PSD e já foi abordada em cadernos temáticos produzidos pelo Espaço Democrático.

Programação

A programação do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MicBR) inclui rodadas de negócios (em que produtores e compradores ficam frente a frente), espaços para a troca de contatos profissionais, oportunidades de apresentação de produtos e serviços, palestras, seminários, oficinas e clínicas de mentoria. O público poderá conferir, ainda, apresentações artístico-comerciais (showcases), espalhadas em diversos centros culturais na Avenida Paulista. Mais detalhes sobre a programação estão disponíveis aqui

 Comente!



*

multimídia Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter