Goulart: esporte, educação e cultura para elevar qualidade de vida​

Vereador, que já está em seu quinto mandato, tem diversos projetos bem sucedidos nessas áreas; entre eles, a criação do Museu do Futebol, o segundo mais visitado da cidade.


04 de setembro de 2014

Goulart e Kassab durante evento da Sociedade Beneficente Equilíbrio de Interlagos (Sobei).

Goulart e Kassab durante evento da Sociedade Beneficente Equilíbrio de Interlagos (Sobei).

Em pouco menos de dez anos, o Museu do Futebol, em São Paulo, já se tornou o segundo mais visitado da cidade. Recebeu, desde 2005, mais de 2,3 milhões de pessoas – foi um dos espaços que mais recebeu turistas durante a Copa do Mundo, entre junho e julho deste ano.

O que pouca gente sabe é que o Museu do Futebol é ideia de um vereador do PSD: Antonio Goulart, que está em seu quinto mandato. É de autoria dele o projeto apresentado em 1999 e transformado, em 2004, na lei que criou o Museu do Futebol.

O museu reúne um grande acervo da história do futebol brasileiro, com arte e tecnologia, e foi instalado sob as arquibancadas do Estádio Municipal do Pacaembu, segundo ele, por razões óbvias. “O Pacaembu é o estádio que representa o futebol paulistano e brasileiro. É a casa de todos os times, de todos os campeonatos”, afirma Goulart.

Museu do Futebol recebeu visitantes

Museu do Futebol recebeu  mais de 2,3 milhões de visitantes

O Museu do Futebol não é a única ideia transformada em realidade por Goulart em seus cinco mandatos consecutivos  na Câmara Municipal de São Paulo. Foi dele, também, a iniciativa que levou a Secretaria da Educação a distribuir uniformes, tênis e material escolar a todos os alunos da rede municipal, o que beneficia anualmente quase 2 milhões de alunos.

Goulart conseguiu ainda instituir a assistência psicopedagógica nas escolas públicas da cidade para diagnosticar, intervir e prevenir problemas de aprendizagem e  incluir fisioterapeutas em equipes multidisciplinares nos programas de assistência a saúde.

Entre 2006 e 2012, durante a gestão de Gilberto Kassab (PSD) na Prefeitura de São Paulo, o vereador conseguiu incluir a reforma de vários Clubes da Comunidades (CDCs) na agenda de obras municipais. “São espaços onde crianças e jovens podem praticar esportes e precisamos estimular isso”, diz ele. Campos de futebol ganharam iluminação e foram reformados, alguns deles com a colocação de gramados sintéticos.

Goulart também se engajou numa reivindicação antiga de comerciantes e moradores da zona Sul de São Paulo: a construção da ponte sobre o rio Jurubatuba, hoje parte do Complexo Viário Jurubatuba, importante sistema viário da região.

Foi uma lei do vereador que criou, também, a já tradicional Brooklinfest, festa da cultura alemã que acontece em outubro. Ele elaborou a lei que permitiu a realização da festa que chega este ano à sua 20ª edição e já faz parte do calendário de eventos de São Paulo – no ano passado, recebeu mais de 100 mil visitantes.  Além de incrementar e aquecer o turismo e comércio locais, a Brooklinfest ainda mobiliza a sociedade civil com a doação de agasalhos e alimentos. Todos os anos, ele participa ativamente das ações promovidas pela Sociedade Beneficente Equilíbrio de Interlagos (Sobei), organização sem fins lucrativos sempre presente na festa.

 

Para saber mais sobre o vereador Goulart, acesse www.vereadorgoulart.com.br.

 

 Comente!



*

multimídia Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter