PORTO FERREIRA

Idosos e pessoas com deficiência têm estacionamento gratuito

Projeto do prefeito Rômulo Rippa (PSD) garante períodos de isenção de cobrança aos que utilizarem o sistema Zona Azul


14 de maio de 2019

O prefeito Rômulo Rippa, o coronel Márcio Simplício, secretário municipal, e Claudinei Barduque, diretor da empresa Zona Azul Brasil

 

Desde a última segunda-feira (13), idosos e pessoas com deficiência que moram em Porto Ferreira, município de cerca de 55 mil habitantes do interior paulista, terão períodos de isenção do pagamento da tarifa do estacionamento rotativo, a Zona Azul. O benefício foi estabelecido pelo prefeito Rômulo Rippa (PSD) em projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal.

Os munícipes com mais de 60 anos que utilizarem o estacionamento por até uma hora não precisarão pagar a taxa. No caso das pessoas com deficiência, o prazo é de duas horas. A Prefeitura também ampliou de cinco para dez minutos o período de tolerância para a aquisição do bilhete da Zona Azul.

Para acertar os detalhes dessas mudanças, o prefeito reuniu-se com o secretário municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, o coronel Márcio Simplício, e o diretor da empresa Zona Azul Brasil, Claudinei Barduque. “Após a aprovação do projeto de lei que autorizou as isenções, também recebi a solicitação por parte da Câmara Municipal de aumento do período de tolerância para a aquisição do bilhete de estacionamento rotativo. Após diálogo com a empresa concessionária do serviço, verificamos ser possível tal alteração sem prejuízo ao contrato estabelecido”, explicou o prefeito.

Rippa também fez questão de destacar os benefícios que o projeto trará para a cidade. “Nosso objetivo é um só: que o serviço atinja seu objetivo de criar rotatividade nas vagas de estacionamento na região central e permita que os clientes e consumidores de bens e serviços tenham prioridade no acesso às lojas e estabelecimentos.”

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter