Saúde

Pocay zera fila para eletrocardiograma e raio-X

Em 2017, trabalho promovido pela gestão do prefeito do PSD também reduziu em 70% a espera de pacientes por ecocardiograma (ultrassonografia do coração)


05 de Fevereiro de 2018

O prefeito Lucas Pocay trabalha para zerar a demanda por exames de ultrassom, que têm, aproximadamente, 5 mil pedidos ainda não realizados.

 

Em Ourinhos — município de cerca de 110 mil habitantes do sudoeste paulista —, a gestão do prefeito Lucas Pocay (PSD) zerou a fila de pacientes que necessitavam fazer os exames de raio-X e eletrocardiograma na rede pública de saúde. De acordo com balanço da Prefeitura, em 2017, foram realizados 5 mil eletrocardiogramas e 19.200 exames de raio-x.

A Secretaria Municipal de Saúde também anunciou a redução de 70% na espera por um ecocardiograma (exame de ultrassonografia do coração), com a realização de 1.100 procedimentos desse tipo no Centro de Saúde I. Antes da determinação do prefeito para que os serviços fossem prestados com mais agilidade, havia pacientes que esperavam na fila desde 2005.

A Administração trabalha para zerar a demanda por exames de ultrassom, que têm, aproximadamente, 5 mil pedidos ainda não realizados. “O prefeito está viabilizando emendas parlamentares para a realização de um mutirão para tentar zerar a demanda. Nós temos um aparelho de ultrassom na Cohab, fizemos bastantes procedimentos no ano passado, mas ainda restam de anos anteriores”, explica a secretária de Saúde, Cássia Palhas.

Entre as principais ações promovidas pela Prefeitura no ano passado, Cássia destaca a ampliação do horário de atendimento nos postos de saúde, a inauguração do Ambulatório do Bebê e a redução de mais de 90% nos casos de dengue. Em janeiro, a Prefeitura reforçou os serviços na UBS da Vila Brasil, com a contratação de um pediatra e a aquisição de um equipamento de eletrocardiograma digital.

 Comente!



*

multimídia Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter