Eleições 2018

PSD faz recomendações contra a divulgação de fake news

Partido pede a seus filiados e aos seus pré-candidatos “uma postura firme, colaborativa e comprometida com a lisura informacional”


03 de julho de 2018

 

 

Objeto de muita polêmica, a crescente presença de notícias falsas nas redes sociais vêm preocupando a sociedade brasileira, especialmente o Judiciário e os partidos políticos. Para muitos, as chamadas fake news, além de manchar reputações, podem, em períodos eleitorais, induzir os eleitores a erros, prejudicando a própria democracia.

Com o objetivo de marcar a posição do partido nessa questão e alertar seus filiados e pré-candidatos para a gravidade do problema, o PSD apresentou em 18 de junho carta ao presidente do TSE, ministro Luiz Fux, na qual reafirma seu compromisso de colaborar para um ambiente eleitoral saudável e com a defesa de eleições limpas e transparentes.

Veja a seguir a íntegra da nota:

 

Recomendações contra a propagação de notícias falsas

No dia 5 de junho do corrente ano o PSD foi signatário de Termo de Compromisso durante reunião realizada o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, com a finalidade de “manter o ambiente de higidez informacional, de sorte a reprovar qualquer prática ou expediente referente à utilização de conteúdo falso no próximo pleito”.

Dessa forma, reafirmando o compromisso de colaborar para um ambiente eleitoral imune à disseminação de notícias falsas (fake news) e, em consonância com suas diretrizes que compreendem a defesa de eleições limpas e transparentes – que pressupõem a liberdade de voto do eleitor e a formação de escolhas conscientes – o PSD recomenda a seus filiados e aos seus pré-candidatos uma postura firme, colaborativa e comprometida com a lisura informacional.

É certo que as informações inverídicas representam uma ameaça à legitimidade das eleições e ao princípio democrático, de modo que o PSD repudia qualquer criação, manifestação, divulgação ou compartilhamento de notícias que se distanciam da verdade.

Nesse sentido, o PSD manifesta-se pela defesa da ética, da veracidade das informações e de um ambiente que propicie ao eleitor o exercício de uma democracia autêntica e sem máculas.

 

Brasília, em 18 de junho de 2018

Partido Social Democrático – PSD

 Comente!



*

multimídia Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter