UBATUBA

Sato combate comércio irregular com Operação Delegada

Prefeito do PSD firma convênio com a Polícia Militar para intensificar a fiscalização de ambulantes e garantir mais segurança à população


03 de outubro de 2018

O prefeito Délcio Sato assina o documento que estabelece as diretrizes para atividades de fiscalização de posturas, comércio ambulante irregular e perturbação do sossego.

 

 

Em Ubatuba, município do litoral norte paulista, o prefeito Délcio Sato (PSD) assinou nesta terça-feira (2) o plano de trabalho do convênio com a Polícia Militar para a implantação da Operação Atividade Delegada. O documento estabelece as diretrizes para atividades de fiscalização de posturas, comércio ambulante irregular e perturbação do sossego.

Realizado pela primeira vez no Estado em 2009, na gestão do então prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o projeto permite que policiais militares atuem nos períodos de folga, com remuneração paga pela Prefeitura. Na região, Ubatuba era a única cidade que ainda não contava com a Operação.

“Trata-se de uma parceria muito importante, com o envolvimento de vários órgãos, como a Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, além da participação do Conselho Municipal de Segurança”, destacou o prefeito.

O convênio entrará em vigor após cerimônia de formalização, que ainda será agendada. A previsão da Prefeitura é que as atividades comecem em janeiro, com a PM reforçando a fiscalização de ambulantes durante a Operação Verão 2019.

 Comente!



*

multimídia Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter