Andrea Matarazzo: “Ouvir para administrar melhor”

Em artigo, vereador paulistano explica como criou canais de comunicação com a sociedade para entender as demandas e necessidades de cada região.


15 de abril de 2016

 

Andrea Matarazzo, vereador pelo PSD em São Paulo

Nos últimos meses, realizei uma série de reuniões com competentes técnicos, amigos e colegas de partido para ouvir sugestões para resolver os problemas da cidade. Fizemos encontros sobre zeladoria, meio-ambiente, infraestrutura, mobilidade urbana, saúde, educação, assistência social e direitos humanos.

São Paulo é uma cidade complexa, cada região tem suas demandas específicas. Por isso, além de muito planejamento, é necessário ouvir sempre a população. É o morador, que vive o dia a dia da metrópole, que sabe onde seu calo aperta.

Foi o que fiz nos sete anos em que estive na Prefeitura, como subprefeito e secretário de Serviços e das Subprefeituras. Percorria todos os bairros, conversava, recebia líderes comunitários e usava as redes sociais para receber reclamações.

Os subprefeitos não eram submetidos à lógica do loteamento político e tinham seus gabinetes abertos. Assim, ouvindo a todos, recapeamos mil quilômetros de ruas, pavimentamos 1.400 ruas de terra, reformamos 700 quilômetros de calçadas e despoluimos mais de cem córregos.

Quanta diferença da atual administração, que vive encastelada em gabinetes, com subprefeitos que desconhecem a realidade. Não é de se estranhar que São Paulo ainda sofra com as enchentes, que continuam matando pessoas mesmo em uma temporada de poucas chuvas. Se alguma das doze obras para conter as cheias em córregos, previstas no plano de metas, tivesse sido entregue, o morador da periferia não sentiria medo a cada trovoada.

Nesses encontros, ouvi sugestões criativas para melhorar, por exemplo, o ar que respiramos, como exigir na licitação do transporte público que as empresas operem apenas ônibus a álcool ou elétrico. Também foi sugerido o retorno e a ampliação dos ecopontos e a recuperação dos viveiros, para que São Paulo seja uma cidade mais verde.

Saí de cada um desses debates com a certeza de que São Paulo pode ser um lugar muito melhor para todos. Principalmente se todos forem ouvidos. Nos próximos artigos neste espaço voltarei a abordar assuntos de nossa cidade e algumas boas ideias sobre áreas específicas da administração desta tão complexa metrópole.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter