eleições 2022

Caminhoneiro Fabião Cód12 quer a valorização da categoria

Pré-candidato à Câmara Federal pelo PSD condena a ideologia de gênero e o aborto


29 de julho de 2022

Fabião Cód12: “Desde 2012 estou engajado nos movimentos de valorização dos caminhoneiros autônomos e celetistas”

 

Redação Scriptum

 

Fábio Henrique da Conceição, caminhoneiro, é pré-candidato a deputado federal por São Paulo pelo PSD e deverá enfatizar na campanha temas como “combate à ideologia de gênero, ao aborto e apoio à liberdade religiosa”. “Sou conhecido como Fabião Cód12 e sou cristão, casado e pai de um filho de 9 anos”, conta. “A necessidade de ter pessoas comprometidas com a luta caminhoneira no Congresso Nacional leva à candidatura. Desde 2012 estou engajado nos movimentos de valorização dos caminhoneiros autônomos e celetistas”, diz.

Ele aponta que atua no segmento desde 1999 e atuou junto a diferentes empresas. “Em 2012, realizei o sonho de infância de adquirir o meu caminhão, e a partir dali me envolvi cada vez mais na luta por essa profissão e pela minha classe”, afirma. O pré-candidato destaca que sua “liderança” junto aos caminhoneiros se deu de forma “orgânica”, sem envolvimento com entidades sindicais. “Respeitando todas as lideranças e representações políticas e de classe até chegar o convite para concorrer ao pleito de deputado federal como representante dos caminhoneiros no Vale do Paraíba”, afirma.

Fabião Cód12 destaca que em 2018 teve grande envolvimento durante reivindicações do segmento de caminhoneiros e participou de debates junto ao Governo Federal, em Brasília. Além da “valorização dos caminhoneiros no aspecto pessoal e profissional”, o pré-candidato elenca temas que quer discutir na disputa eleitoral: aposentadoria especial para caminhoneiros autônomos e celetistas, programas para facilitar o acesso desses profissionais à saúde pública e instrumentos para melhor fiscalização do cumprimento de leis relacionadas ao segmento.

O pré-candidato destaca a “oportunidade” de disputar a eleição pelo PSD. “É o primeiro partido a abrir as portas aos caminhoneiros de verdade, aqueles que estão atrás do volante”, disse. “Também é preciso destacar a prática de democracia e liberdade para atuação que o partido oferece”, concluiu.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter