Com obras iniciadas na gestão Kassab, Fábrica do Samba deverá abrir em setembro

Com isso, os 14 galpões em construção desde 2012 na Fábrica do Samba, na Barra Funda, zona oeste da capital paulista, poderão ser utilizados no Carnaval de 2016. O complexo terá 64 mil m².


21 de janeiro de 2015

Fábrica do Samba, na zona oeste de SP, deverá ser usada no carnaval de 2016

Fábrica do Samba, na zona oeste de SP, deverá ser usada no carnaval de 2016

A Fábrica do Samba, cujas obras tiveram início na gestão de Gilberto Kassab na Prefeitura paulistana, deverá estar concluída em setembro próximo, segundo reportagem publicada nesta quarta-feira (21) no jornal O Estado de S.Paulo.

Com isso, os 14 galpões em construção desde 2012 na Fábrica do Samba, na Barra Funda, zona oeste da capital paulista, poderão ser utilizados no Carnaval de 2016. O complexo terá 64 mil m².

Segundo o jornal, metade das estruturas já está em fase final de acabamento, mas, por opção da Liga das Escolas de Samba, a entrega do projeto será feita de uma só vez.

Os galpões serão ocupados individualmente pelas agremiações paulistanas do Grupo Especial. Cada um tem cerca de 4,5 mil m² de área construída, divididos em três andares e equipados com cozinha, sala de reunião, vestiário, banheiros e almoxarifado, além de espaços livres para confecção das fantasias e alegorias.

O andar térreo, onde os carros deverão ser montados, tem pé-direito de 18 metros de altura, equivalente a um prédio de seis andares.

O complexo, quando estiver pronto, ainda será formado por uma área verde de 31 mil m², estacionamento externo, lanchonete e prédio administrativo.

Uma central de resíduos sólidos, para reciclagem dos materiais a serem descartados pelas escolas, e um minipiscinão, para retenção da água da chuva, completam o projeto.

Toda a gestão do complexo, assim como a sua manutenção, deverá ser assumida pelas escolas do Grupo Especial.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter