De 51 creches entregues desde 2013 na capital, 49 foram herdadas do governo Kassab

Informação consta de reportagem da Folha, que apresenta dados sobre a Educação municipal nos últimos dois anos. Conforme jornal, apenas 28% das vagas para creches e pré-escolas prometidas até 2016 foram entregues.


08 de dezembro de 2014

 

Gilberto Kassab inaugura o Centro de Educação Infantil (CEI) Indireto Cedro V - Parque Alves de Lima, em 31 de agosto de 2011

Gilberto Kassab inaugura o Centro de Educação Infantil (CEI) Indireto Cedro V – Parque Alves de Lima, em 31 de agosto de 2011

 

Das 51 creches e pré-escolas inauguradas desde 2013 pela Prefeitura de São Paulo, 49 foram herdadas da gestão Gilberto Kassab. As informações são de reportagem da Folha de S.Paulo deste sábado (6), que apresenta dados sobre a Educação municipal nos últimos dois anos. De acordo com o texto, apenas 28% das vagas para creches e pré-escolas prometidas até 2016 foram entregues.

E o único dos 20 Centros Educacionais Unificados (CEU) prometidos, próximo de ser concluído pela nova gestão, em Heliópolis, foi projetado, licitado e já conta com a maior parte dos equipamentos prontos, construídos durante o governo Kassab.

São duas escolas municipais, três creches, um teatro infantil e um centro cultural, construídos durante a gestão anterior, além de uma Etec (Escola Técnica Estadual). Em funcionamento desde 2009, o complexo recebe cerca de 10 mil pessoas por dia.

No mês passado, a fila por vagas nas creches na capital paulista chegou ao recorde desde que o índice começou a ser divulgado, em 2007: 188 mil crianças. Mesmo com a criação de novas vagas, a fila mais do que duplicou em relação a dezembro de 2012, último mês da administração Gilberto Kassab _ quando 93.814 crianças buscavam um lugar.

O orçamento destinado à construção de creches foi prioridade total na gestão Kassab. No último ano da gestão, chegou a R$ 1 bilhão, avanço significativo em relação ao valor de 2004, de R$ 125 milhões. Para atender à gigantesca demanda reprimida por vagas, o orçamento para essa rubrica cresceu 8 vezes ao longo do seu governo.

A construção de novas creches e a formalização de convênios fizeram com que o número de vagas saltasse de 60 mil, em 2004, para 210 mil em 2012, último ano de gestão. As creches, que eram 870, foram para 1.520 no mesmo período.

Além de aumentar o número de vagas e de creches na cidade, Kassab mais que dobrou o salário dos professores, que foi de R$ 1.215 para R$ 2.600. Também investiu no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, com a construção de 345 novas escolas e 25 novos CEUs, o que permitiu acabar de vez com as escolas de lata.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter