saúde

Dr. Bactéria debate ações do PSD contra a pandemia

O biomédico Roberto Martins Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, analisa com secretários de Saúde de Prefeituras administradas pelo PSD as ações adotadas para enfrentar o coronavírus


23 de dezembro de 2020

 

Especialistas debateram com secretários de Saúde medidas adotadas para enfrentar o coronavírus

 

A experiência de prefeitos do PSD no enfrentamento da pandemia de covid-19 é o tema da nova série especial da TV Espaço Democrático, a fundação do PSD para estudos e formação política. Intitulada “Dr. Bactéria e o combate ao coronavírus”, a série tem a colaboração do biomédico Roberto Martins Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria por participar em programas de televisão tratando de cuidados relacionados à contaminação de alimentos, higiene e saúde pública. Com seu apoio, foram entrevistados secretários de Saúde de seis cidades paulistas cujas Prefeituras são comandadas por integrantes do PSD: Ourinhos, Cotia, Leme, Itupeva, Cajamar e Atibaia.

Com coordenação e apresentação do jornalista Sérgio Rondino, a série de Diálogos sobre o tema teve também a participação dos especialistas Antonio Roberto Batista e Januário Montone, consultores da fundação Espaço Democrático.

Januário Montone foi secretário municipal da Saúde de São Paulo na gestão de Gilberto Kassab. Participou da criação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), da qual foi o primeiro diretor-presidente. Participou da criação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e presidiu a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Foi consultor da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e Banco Mundial.

Por sua vez, Antonio Roberto Batista é médico pela Escola Paulista de Medicina, graduado em Saúde Pública pela USP. Especialista em Medicina do Trabalho e autor do livro “Desafios Sociais à Medicina Atual”.

O biomédico Roberto Martins Figueiredo, o Dr. Bactéria, tem especialização em Saúde Pública e Marketing, Engenharia da Qualidade, Controle de Processos e Auditorias da Qualidade. É integrante do GTI (Grupo Técnico Interdisciplinar) da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo.

 

OURINHOS

 

 

A primeira entrevista da série foi com a secretária de Saúde de Ourinhos, cidade de 115 mil habitantes onde o prefeito Lucas Pocay (PSD) foi reeleito em novembro passado. Graça Palhas detalhou iniciativas da Prefeitura local, como o programa de capacitação de profissionais médicos e enfermeiros, a implantação da central coronavírus com orientação por telefone, que recebeu cerca de 3 mil ligações, o monitoramento de casos confirmados e suspeitos da covid-19 e rotina de fiscalização para o cumprimento do regulamento sanitário em estabelecimentos comerciais e industriais.

 

COTIA

 

 

A segunda entrevista foi com Magno Sauter, secretário de Saúde de Cotia, cidade de 253 mil habitantes da região metropolitana de São Paulo onde o prefeito Rogério Franco (PSD) acaba de ser reeleito para mais um mandato de quatro anos. Magno Sauter é médico formado em 2008 pela Universidade Gama Filho, com especialização em cardiologia pelo Hospital Santa Cruz. Tem especialização em Auditoria de Contas Médicas pela Fundação Getúlio Vargas e MBA em Gestão Hospitalar também pela FGV.

 

ITUPEVA

 

 

No terceiro programa da série, a entrevistada foi Luciane Alves da Cunha. A secretária de Saúde de Itupeva é enfermeira, especialista em gestão hospitalar e gestão estratégica de pessoas. Tem experiência em consultoria e auditoria em gestão de saúde e implantação de projetos na área. Foi interventora no contrato de gestão de saúde em Sumaré, em 2017, e interventora do contrato de gestão no Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Itupeva. A cidade de 63 mil habitantes fica na aglomeração urbana de Jundiaí, próxima à capital São Paulo. Reeleito em novembro passado, o prefeito Marcão Marchi (PSD) já foi diplomado pela Justiça Eleitoral e toma posse no dia 1º de janeiro.

 

CAJAMAR

 

 

No quarto programa da série, a entrevistada foi Patrícia Haddad, secretária de Saúde de Cajamar, município da Grande São Paulo, com 78 mil habitantes, cujo prefeito, Danilo Joan, foi reeleito em novembro com 86,46% dos votos (40.464 votos no total). Patrícia Haddad é médica pela UNIG (Universidade Iguaçu), com especialização em Pediatria pela PUC-RJ. Tem capacitação em medicina do adolescente pelo IPPMG (Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira) da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Foi coordenadora-geral das UPAS estaduais do Rio de Janeiro.

 

LEME

 

 

O médico Gustavo Antônio Cassiolato Faggion, secretário de Saúde de Leme, foi o entrevistado no quinto programa da série especial. Médico formado pela Faculdade de Medicina de Jundiaí, com especialidade em Infectologia pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas, o secretário de Leme falou sobre as ações adotadas pela gestão do prefeito Wagner Ricardo Antunes Filho, o Wagão (PSD), que incluíram o aprimoramento da Vigilância Epidemiológica, garantindo a detecção, notificação e investigação dos casos; adoção de estratégia para a redução da força de transmissão da doença por meio do monitoramento e controle dos pacientes já detectados e apoio à capacitação de profissionais envolvidos e gestores envolvidos.

 

ATIBAIA

 

 

No sexto e último episódio da série especial, o biomédico Dr. Bactéria conversa com Maria Amélia Sakamiti Roda, secretária de Saúde de Atibaia, que falou sobre as ações de enfrentamento à covid-19 implementadas durante a gestão do prefeito Saulo Pedroso de Souza (PSD), que, a partir de 1º de janeiro, será substituído por Emil Ono, também do PSD.

Maria Amélia é enfermeira formada pela Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia de Presidente Prudente, com pós-graduação em auditoria de serviços de saúde e saúde pública. Funcionária pública aposentada da Secretaria de Estado da Saúde, onde permaneceu por 30 anos, foi secretária de Saúde de Atibaia entre maio de 2013 e maio de 2016, tendo voltado ao cargo em janeiro de 2017.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter