GESTÃO

Guarulhos antecipa em um mês o pagamento do 13º

Medida injetou R$ 91 milhões na economia local e foi garantida pela política de valorização do funcionalismo público adotada pelo prefeito Guti (PSD)


23 de novembro de 2022

O prefeito Guti: “Servidor já poderá investir, gastar com a família ou curtir o final de ano”

 

Redação Scriptum com Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos

 

A gestão do prefeito Gustavo Henric Costa (PSD), o Guti, pagou na segunda-feira (21), com um mês de antecedência, a segunda parcela do 13º salário do funcionalismo público do município da Grande São Paulo. Ao todo, foram pagos R$ 45 milhões — R$ 39 milhões para os servidores que estão na ativa e outros R$ 5 milhões para os beneficiários do Instituto de Previdência dos Funcionários Públicos Municipais de Guarulhos (Ipref).

O pagamento da primeira parcela também ocorreu cerca de um mês antes do previsto, no dia 28 de outubro. De acordo com a legislação, o benefício deveria ser concedido até 30 de novembro. Somados, os valores das duas parcelas do 13º salário representam uma injeção de R$ 91 milhões na economia local. “A tradição do nosso governo é sempre antecipar o pagamento do 13º. Dessa forma, o servidor já poderá investir, gastar com a família ou curtir o final de ano”, afirma Guti.

O prefeito ressalta que sempre priorizou a transparência na gestão dos recursos públicos, o que coloca Guarulhos em um patamar acima da média dos municípios brasileiros no que diz respeito à questão fiscal, mesmo com os problemas econômicos provocados pela pandemia de covid-19. Ele lembra que, segundo pesquisa elaborada em 2021 pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), cerca de três mil das 5.570 cidades brasileiras têm dificuldade para pagar as contas municipais.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter