Jaú: Lei Cidade Limpa, de Kassab, será modelo para combate à poluição visual

O prefeito Rafael Agostini (PT) fez o anúncio durante visita do presidente do PSD, citando ainda outras políticas públicas avançadas implantadas por Kassab.


27 de agosto de 2013

A Prefeitura de Jaú, cidade distante 300 km de São Paulo, se prepara para combater a poluição visual no município e usará como modelo a Lei Cidade Limpa, criada e implantada na capital pela gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab. A informação foi revelada durante visita de Kassab à região de Bauru, no último fim de semana, pelo prefeito de Jaú, Rafael Agostini (PT).

Kassab e Agostini: políticas públicas avançadas

Kassab e Agostini: políticas públicas avançadas

“Fiz o curso de gerente de cidades na Faap (Fundação Armando Álvares Penteado), em São Paulo, e tive a oportunidade de conhecer várias políticas públicas avançadas implementadas pelo ex-prefeito Kassab”, afirmou Agostini, durante a visita de Kassab. “E nós vamos implantar aqui a Cidade Limpa para combater a poluição visual, cujos excessos atrapalham inclusive o trabalho de recuperação do patrimônio histórico da nossa cidade”, completou.

Kassab explicou que a maior dificuldade no processo de implantação da Lei Cidade Limpa, que em dezembro do ano passado recebeu o prêmio  “Werkbund” da Federação Alemã de Obras do estado de Baden-Wurttemberg, na Alemanha, foi construir a credibilidade da medida. “Assim que as pessoas perceberam que a lei era para valer e que seríamos irredutíveis na sua fiscalização, a maioria se adequou”, explicou. “Como o resultado foi extremamente positivo, logo os cidadãos passaram a nos ajudar no controle, denunciando abusos, e conseguimos limpar a cidade.”

Destaque internacional – Além de despertar o interesse de cidades como Buenos Aires, Lisboa, Atenas, Seul e Londrina, e países como a Alemanha e o México, entre outros, a Lei Cidade Limpa também foi destaque no pavilhão da Cidade de São Paulo na Exposição Universal de Xangai, em 2010. O sucesso de público foi tão grande – atingiu 1 milhão de visitantes – que o governo chinês solicitou a permanência da exposição após o término da Expo Xangai, em 31 de outubro.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter