Kassab em Serra Negra: revisão do pacto federativo é urgente

Para o ministro das Cidades, que participou do Encontro Estadual dos Municípios, já passou da hora de se corrigir a distribuição de recursos entre União, Estados e prefeituras


09 de abril de 2015

Na palestra aos prefeitos, ministro Gilberto Kassab destacou os principais programas de sua pasta

Na palestra aos prefeitos, ministro Gilberto Kassab destacou os principais programas de sua pasta

A urgência da revisão do atual pacto federativo brasileiro foi um dos temas tratados nesta quinta-feira (9) pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab, durante sua participação no 59º Congresso Estadual dos Municípios. O evento, que começou no dia 7 e termina nesta sexta-feira (10) em Serra Negra, no interior de São Paulo, é realizado pela Associação Paulista dos Municípios (APM) e reúne, anualmente, a classe política para discutir os principais temas que afetam diretamente as cidades, com o propósito de contribuir para maior informação e aprimoramento dos gestores.

Durante sua palestra aos participantes do encontro, Kassab discorreu sobre os principais projetos que vem sendo desenvolvidos por sua pasta e destacou o trabalho em parceria que vem desenvolvendo com o Governo do Estado de São Paulo e com os prefeitos paulistas. “Tenho uma grande vinculação com os municípios e estou feliz por poder, como ministro das Cidades, ajudar os prefeitos e a população, especialmente os mais carentes”, afirmou.

Além de falar sobre os projetos do Ministério nas áreas de mobilidade, saneamento e planejamento urbano, Kassab ressaltou os investimentos que estão sendo realizados na área de habitação, por meio do programa Minha Casa Minha Vida.

A propósito do principal tema desta edição do Congresso Estadual dos Municípios, que é a luta por mais recursos para a saúde, Kassab defendeu uma urgente revisão do pacto federativo. “Já passou da hora, os prefeitos estão em uma situação muito difícil”, afirmou, lembrando que, embora o governo federal compreenda as dificuldades e venha tentando ajudar os municípios com o desenvolvimento de programas de investimento em parceria com as cidades, é preciso encontrar uma solução definitiva. “Enquanto isso não acontece, os municípios continuam enfrentando dias muito difíceis”, afirmou.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter