ECONOMIA

Morungaba conquista terceiro lugar em exportação de vestuário esportivo

Entre janeiro e setembro deste ano, município do interior paulista administrado pelo prefeito Marquinho de Oliveira (PSD) registrou cerca de R$ 2,1 milhões em exportações


04 de novembro de 2019

Entre os itens de vestuário mais exportados por Morungaba, que tem população estimada em 13 mil habitantes, estão conjuntos de esqui, maiôs, biquínis e calções

 

 

Entre janeiro e setembro deste ano, Morungaba, no interior paulista, registrou US$ 529.551 (cerca de R$ 2,1 milhões) em exportações de itens de vestuário esportivo. O resultado colocou o município administrado pelo prefeito Marquinho de Oliveira (PSD) em terceiro lugar no ranking do Comex Stat, sistema para consultas e extração de dados do comércio exterior brasileiro, disponibilizado pelo Governo Federal.

A cidade de São Paulo conquistou a primeira posição, seguida por Petropólis, na Região Serrana do Rio de Janeiro. Entre os itens de vestuário mais exportados por Morungaba, que tem população estimada em 13 mil habitantes, estão conjuntos de esqui, maiôs, biquínis e calções.

“Os dados revelam o grande potencial têxtil de nossa cidade, com geração de empregos e arrecadação para o orçamento municipal. É uma vocação que deve ser incentivada em prol do desenvolvimento econômico do município. Por isso, temos feito parcerias para a realização de cursos de capacitação de mão de obra, investido na estrutura do nosso Distrito Industrial, entre outras ações”, destacou o prefeito.

Marquinho de Oliveira também ressaltou a importância da Lei Complementar nº 69/2019, que tem como objetivo a ampliação do incentivo fiscal para a instalação de empresas no município. Sancionada no final de agosto, a lei estabelece normas de acesso ao Programa de Apoio ao Investimento de Morungaba (Proinvest), que prevê isenções e reduções em impostos como IPTU, ISSQN, ICMS.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter