Mulheres na política: tema do PSD na Região Sudeste

Lideranças do partido se reuniram no sábado, em Belo Horizonte, para discutir ampliação da participação feminina nas atividades políticas


11 de maio de 2015

2PSD Mulher - Encontro Sudeste

Encontros têm como objetivo incentivar e garantir que o partido lance cada vez mais candidatas nas eleições nos próximos anos.

Elas trabalham fora, cuidam da casa, dos filhos, dos parceiros e atuam na política. Cada vez mais influentes na vida pública, mulheres do Partido Social Democrático (PSD) de Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e do Espírito Santo se reuniram em Belo Horizonte, neste sábado (9), véspera dos Dias das Mães, para discutir a ampliação da participação feminina nas atividades políticas no País.

Os Encontros Regionais do PSD Mulher já foram realizados nas regiões Nordeste e Sul têm como objetivo incentivar e garantir que o partido lance cada vez mais candidatas nas eleições nos próximos anos. Desta vez, o evento contou com a participação da coordenadora nacional do PSD Mulher, Alda Marco Antonio; das coordenadoras estaduais de Minas Gerais, Yêda Fernal; de São Paulo, Adriana Flosi; do Rio de Janeiro, Solange Amaral; e do Espirito Santo, Ilza Rodrigues; além da secretária geral do PSD Mulher, Ivana Boscolo. Participaram também a deputada estadual do Rio de janeiro Marta Rocha, prefeitas, vices, vereadoras, empresárias e lideranças sociais e políticas de Minas Gerais.

Na oportunidade, foram debatidos, entre outros temas, a ampliação da participação das mulheres na política e nas tomadas de decisões da sociedade. “Estamos trabalhando muito para incentivar as mulheres brasileiras a assumirem o papel que lhes cabe na política. O espaço está ai para ser conquistado, precisamos lutar por ele. Nas últimas eleições houve um aumento na participação das mulheres na disputa eleitoral, mas a representação ainda é baixa. Precisamos mudar esse cenário, nossa voz precisa ser mais ouvida”, destacou Alda Marco Antonio.

Uma das bandeiras do PSD é ampliar a participação das mulheres na política

Uma das bandeiras do PSD é ampliar a participação das mulheres na política

Para a presidente do PSD Mulher de Minas, Yêda Fernal, “a mulher precisa participar da política e aumentar a sua representação. A verdadeira democracia só é construída com a participação de todos. Há pesquisas que apontam que nós, mulheres, estamos nos escolarizando e profissionalizando mais que os homens, ainda assim há uma disparidade nítida com relação a nossa participação no mercado. O que é ruim, pois quando há o empoderamento da mulher é comprovado que diminui a discriminação de gênero, a violência doméstica e há mais investimentos no social e na educação familiar”.

Ao final do evento, o presidente do PSD-MG, deputado federal Diego Andrade, se pronunciou parabenizando a todas as mulheres presentes e se comprometeu a fortalecer, ainda mais, o movimento feminino dentro do partido. “Muito nos orgulha sediar esse encontro. Uma sugestão que levarei à executiva estadual é a possibilidade de realizarmos eventos como este por toda Minas Gerais. O PSD tem condições de expandir a participação da mulher na política com ações promovidas por nossos deputados que possuem representação qualificada”, afirmou.

Nova filiação

A vereadora do município de Varginha, Racib de Fátima Faria, está em seu segundo mandato e preencheu, durante o encontro, a sua ficha de filiação para se integrar ao PSD de Minas Gerais. “Estou muito feliz e honrada com o convite que recebi de me integrar ao PSD. É um partido sério, que já conta com várias lideranças fortalecidas. Venho com energias renovadas e pretendo ser ainda mais atuante”.

 

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter