TRABALHO

Mutirão de emprego registra mais de 243 mil inscrições

Iniciativa da UGT e do governo paulista oferece mais de 11.400 vagas. Para Ricardo Patah, da UGT e do PSD Movimentos, “é hora de trabalhadores, empresários e governos se unirem para combater o desemprego"


02 de outubro de 2020

Ricardo Patah, presidente da UGT e coordenador do PSD Movimentos

 

Com mais 243 mil inscritos, terminou nesta sexta-feira (2) o prazo para inscrição para as vagas oferecidas no mutirão de emprego realizado pelo governo paulista em conjunto com a UGT (União Geral dos Trabalhadores). O presidente da entidade, Ricardo Patah, que é também coordenador nacional do PSD Movimentos, destacou a importância da iniciativa, que teve a colaboração de 176 empresas e cujo número de vagas oferecidas, inicialmente previsto para 10 mil, cresceu para mais de 11.400 ao longo da semana.

De acordo com Patah, “vamos combater o desemprego com todas as armas que tivermos, especialmente com a qualificação profissional. Agora é hora, mais do que nunca, que trabalhadores, empresários e governos se unam para combater essa chaga que destrói a sociedade”.

As inscrições tiveram início no dia 28 de agosto, por meio da plataforma Meu Emprego Vaga Certa. Entre as oportunidades de trabalho, foram oferecidas vagas para operador de loja, vendedor, promotor de venda e desenvolvedor de aplicações, entre outros. Segundo o governo paulista, há vagas para pessoas com deficiência.

Entre os dias 5 e 9 de outubro, as empresas participantes farão a seleção dos perfis e entrarão em contato com os selecionados. Os candidatos serão visualizados por ordem de cadastro, ou seja, quem tiver realizado a inscrição no primeiro dia, terá prioridade de atendimento.

Além de vagas, os interessados também poderão se cadastrar para cursos de qualificação profissional. Os cursos oferecidos são na área de gestão de negócios, finanças, planejamento empresarial, tecnologia, idiomas, telemarketing, técnico de vendas e estoquista.

Pessoas que tiverem dificuldades para acessar o site, poderão se candidatar em algum dos PATs (Postos de Atendimento ao Trabalhador).

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter