SANEAMENTO

Ourinhos investe R$ 23 milhões em abastecimento de água

Obras da gestão do prefeito Lucas Pocay (PSD) garantirão fim da escassez de água, antigo problema que atinge o município do interior paulista


03 de setembro de 2019

 

O prefeito Lucas Pocay

 

Em Ourinhos, município de cerca de 112 mil habitantes do interior paulista, a gestão do prefeito Lucas Pocay (PSD) investirá cerca de R$ 23 milhões para combater um antigo problema da cidade: a escassez de água. Além de já ter inaugurado dois reservatórios, no Jardim Anchieta e no Jardim São Silvestre, e oito macromedidores, que evitam o desperdício ao verificarem a produção e distribuição de água, a administração anunciou mais obras, entre elas a perfuração de um poço no Jardim Itamaraty, que terá investimento de R$ 3 milhões.

A Prefeitura também está concluindo o edital para a reforma e ampliação da (ETA), orçada em R$ 15 milhões, e a adutora de 4,3 quilômetros da ETA, que levará água tratada para a região central do município, com o investimento de R$ 4 milhões. O pacote de obras inclui, ainda, a implantação do Centro de Controle e Operação, estimado em R$ 800 mil.

“Pela gestão responsável e de austeridade que fazemos, hoje temos o mais difícil: dinheiro. Estamos investindo mais de R$ 20 milhões no sistema de água da cidade e preparando Ourinhos para os próximos 100 anos”, destacou o prefeito.

 

Após reforma, Estação de Tratamento de Água levará água tratada para a região central do município

 

Quando Pocay assumiu, em 2017, a Superintendência de Abastecimento de Água e Esgoto de Ourinhos (SAE) registrava cerca de R$ 8 milhões em dívidas e ações por improbidade administrativa. “Puxamos as rédeas da gestão com austeridade, ajustando os setores de almoxarifado, compras e recursos humanos, criando controles rígidos, além de solucionarmos pendências e apontamentos do Tribunal de Contas. Resgatamos o poder de investimento da autarquia e valorizamos os nossos servidores”, disse o prefeito.

Pocay também anunciou projetos para a gestão de resíduos sólidos. “Vamos construir a Central de Transbordo de Lixo, para o correto descarte em aterro licenciado, resolvendo e encerrando as atividades do antigo aterro, ao lado do aeroporto.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter