Ourinhos

Pocay adota ‘tolerância zero’ contra covid-19

De acordo com a determinação do prefeito do PSD, munícipes que forem flagrados sem máscara em locais públicos pagarão multa de cerca de R$ 270


24 de junho de 2020

O prefeito Lucas Pocay durante reunião do Comitê de Segurança e Avaliação

 

Quem não utilizar máscaras em locais públicos de Ourinhos, no interior paulista, pagará multa de cerca de R$ 270. A determinação foi anunciada pelo prefeito Lucas Pocay (PSD) em vídeo divulgado em suas redes sociais nesta segunda-feira (22).

Pocay ressaltou que a medida faz parte da política de “tolerância zero” adotada para o combate à covid-19 no município, com população estimada em 113 mil habitantes. O comércio continuará funcionando, mas será reforçada a fiscalização aos estabelecimentos, que devem respeitar regras de higiene e proteção aos clientes e funcionários.

“Atendendo ao que o decreto do Estado já havia colocado sobre os critérios de cada fase, número de leitos e quantidade de infectados, temos respaldo para manter nosso comércio aberto. Vemos muitos empresários respeitando e prevenindo, mas uma parte da população não está cumprindo o mínimo necessário, que é o uso da máscara. Vamos intensificar a fiscalização”, afirmou o prefeito.

A administração também vai coibir eventos particulares que promovam aglomerações. Para realizar o trabalho de fiscalização, equipes da Prefeitura contarão com o apoio das polícias Militar e Civil. A população pode encaminhar denúncias pelos seguintes números de Whatsapp: (14) 99613-2753 e 99840-4872.

As ações foram definidas em reunião promovida na tarde desta segunda-feira pelo Comitê de Segurança e Avaliação, composto por autoridades policiais e representantes do Ministério Público e de secretarias municipais. Em função da piora nos indicadores de saúde, a região de Marília, da qual Ourinhos faz parte, foi rebaixada da fase laranja para a fase vermelha no plano do Governo do Estado para a flexibilização da quarentena. Com o rebaixamento, apenas os serviços considerados essenciais podem funcionar.

Situação melhor

Apesar da preocupação com a pandemia, que motivou o endurecimento das medidas de combate à covid-19, Pocay fez questão de destacar que Ourinhos está em situação melhor que a média da região de Marília. Ele citou que o hospital construído pela gestão para atender os infectados pelo coronavírus está com 25% de ocupação e apenas 20% dos leitos de UTI estão ocupados.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura nesta segunda-feira, Ourinhos tem 219 casos de covid-19 e quatro mortes provocadas pela doença. “Respeito o Governo do Estado e as atitudes adotadas para o combate à covid-19, principalmente na preservação de vidas. Ourinhos está diferente da região de Marília. Trabalhamos desde o início com ações preventivas, como o Hospital Covid, o primeiro da região. Foi muito criticado, mas hoje vemos a importância para a cura e a prevenção. Gostaria de enaltecer o trabalho da equipe de saúde, que tem sido brilhante na conduta. Mais de 200 pessoas já passaram pelo hospital, que tem sido fundamental na cura dos pacientes contaminados”, frisou o prefeito.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter