ELEIÇÕES 2022

Policial Sonia Modena é pré-candidata a deputada estadual

Vereadora em Mogi Mirim, no interior de São Paulo, foca na segurança pública e defesa da mulher


01 de agosto de 2022

 

Um dos destaques da atuação de Sonia Modena é a causa animal

 

 

Redação Scriptum

 

Policial civil com atuação no setor de inteligência da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes, a vereadora e presidente da Câmara Municipal de Mogi Mirim Sonia Modena é pré-candidata a deputada estadual pelo PSD em São Paulo, com foco na atuação das “reais necessidades da população, com destaque na causa animal, na segurança pública, defesa da mulher e na saúde”. Ela está em seu segundo mandato no legislativo da cidade do interior paulista e foi eleita com a maior votação de Mogi Mirim, na região de Campinas.

A pré-candidata participa do processo eleitoral deste ano para “fazer mais pela região” de Mogi, distante 153 quilômetros da capital do Estado. “Como policial já atuo na região e sou muito procurada por populares das cidades vizinhas e como vereadora e presidente da Câmara de Mogi Mirim sempre busquei projetos para nossa cidade”, afirma. “Meu objetivo é poder trabalhar de forma mais efetiva porque eu acredito muito no potencial da região da Baixa Mogiana. Dentro da Assembleia Legislativa sei que é possível lutar por recursos e projetos que beneficiem nossa população tanto na área urbana como rural”, diz Sonia Modena.

Ela destaca sua atuação na Câmara em temas relacionados à defesa dos direitos humanos e combate ao álcool e drogas. Presidiu a frente parlamentar e comissão parlamentar de inquérito, além de ter “dezenas de projetos de leis aprovados”. Na trajetória na Polícia Civil, teve atuação na apuração de diferentes crimes na região de Mogi, incluindo feminicídios, tráfico de drogas e maus-tratos, e pontua também a progressão na carreira de investigadora por “reconhecimento”.

“Já fiz um pouco de tudo. Sou policial civil, mas já fui professora, faxineira, secretária, empresária e tantas outras coisas”, explicou. “Por atuar fortemente na causa animal, como protetora e na segurança pública e no direito da mulher na polícia, a própria população me questionou e estimulou para que eu concorresse a uma vaga na Câmara de Vereadores”, contou.

A pré-candidata de Mogi Mirim aponta ainda que “projetos e ideias” do PSD guardam relação com sua prática política. “Posso resumir em renovação, competência e trabalho, sempre de forma transparente e honesta.”

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter