luto

Prefeito de Hortolândia morre vítima de covid-19

Angelo Perugini, do PSD, tinha 65 anos e exercia o quarto mandato à frente da prefeitura do município do interior paulista. “Dedicou grande parte de sua vida ao desenvolvimento da cidade e de toda a região”, disse o presidente nacional do partido, Gilberto Kassab


01 de abril de 2021

Angelo Perugini estava internado desde fevereiro na UTI de um hospital da capital paulista.

 

O prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PSD), morreu nesta quinta-feira (1º), aos 65 anos, vítima de complicações decorrentes da covid-19. Desde o início de fevereiro, ele estava internado na UTI de um hospital da capital paulista.

Em nota, o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, lamentou a morte do prefeito, que deixa três filhas. “Meus sinceros votos de pesar à família e aos amigos do Angelo Perugini, que estava em seu quarto mandato como prefeito de Hortolândia. Dedicou grande parte de sua vida ao desenvolvimento da cidade e de toda a região, em defesa da população. É, infelizmente, mais um colega que perdemos para a covid-19. Que possamos, juntos, superar a triste situação em que se encontra nosso país.”

O diretório estadual do PSD também emitiu nota sobre a morte de Perugini. “O diretório paulista do Partido Social Democrático recebeu com grande pesar a notícia do falecimento de Angelo Perugini, prefeito de Hortolândia. Mineiro de Jacutinga, Perugini foi secretário, vice-prefeito e prefeito de Hortolândia, cargo este que, reconhecido pela população, ocupava pela quarta vez. Foi vereador em Sumaré, quando participou da campanha pela emancipação do então bairro de Hortolândia. Em 2014, foi eleito deputado estadual. O prefeito foi, lamentavelmente, mais uma vítima da covid-19, doença contra a qual lutou por várias semanas. O partido transmite à família, aos amigos e eleitores suas sinceras condolências.”

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter