Fiscalização

Prefeitura interrompe festas clandestinas e multa organizadores

“Precisamos continuar respeitando as medidas sanitárias e evitando ao máximo as aglomerações. A pandemia não acabou”, afirmou a prefeita Capitã Lucimara (PSD)


01 de junho de 2021

A prefeita Capitã Lucimara

 

Empenhada no combate à pandemia de covid-19 em Valinhos, no interior do Estado de São Paulo, a gestão da prefeita Capitã Lucimara (PSD) interrompeu duas festas clandestinas que estavam sendo realizadas no último domingo (30) nos bairros São Bento do Recreio e Contendas. A Guarda Civil Municipal (GCM) aplicou multa de R$ 4.664,50 aos organizadores dos eventos. “Precisamos continuar respeitando as medidas sanitárias e evitando ao máximo as aglomerações. A pandemia não acabou”, afirmou a prefeita.

Ela destacou, ainda, que “as ações desempenhadas pela Guarda têm sido muito importantes para fiscalizar e interromper aglomerações, evitando a disseminação da doença”. A GCM notificou cinco estabelecimentos comerciais por não cumprirem as medidas sanitárias estabelecidas pela administração. O proprietário de um desses estabelecimentos também terá de pagar multa de R$ 4.664,50.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura nesta terça-feira (1º), Valinhos, que tem população estimada em 131 mil habitantes, já registrou 9.246 casos de covid-19 desde o início da pandemia. Desse total, 8.909 pacientes já se recuperaram e 300 morreram em função da doença.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter