Cássia dos Coqueiros

Vice-prefeito de Cássia dos Coqueiros fala sobre os problemas a serem superados na cidade

Pedro Silva, que não disputará as próximas eleições, considera que ainda há muito a fazer para melhorar a qualidade dos serviços públicos na cidade.


19 de julho de 2016

Pedro afirma ter tido pouca liberdade de ação durante seu mandato como vice-prefeito.

Pedro afirma ter tido pouca liberdade de ação durante seu mandato como vice-prefeito.

Após três anos e meio desempenhando a função de vice-prefeito de Cássia dos Coqueiros, município de 2.600 habitantes do norte paulista, Pedro Silva (PSD) considera que ainda há muito a ser feito na cidade. Para ele, que diz ter tido pouca liberdade de ação durante a gestão, o município ainda carece de muitas melhorias na saúde, no transporte escolar, na assistência social, além da necessidade de se investir na construção de casas populares e na criação de empregos.

Na política desde 1995, quando elegeu-se vereador pela primeira vez, Pedro teve três mandatos legislativos antes de se ser eleito vice-prefeito. Porém, sua atuação junto à comunidade cassiana começou em 1982, aos 14 anos, quando já ajudava a organizar mutirões de colheita na roça e campeonatos de futebol. Aos 16 anos ele assumiu a direção da Companhia de Reis Luz Divina (manifestação religiosa local), cargo que ocupa até hoje, e também preside a associação de bairro da Comunidade São Judas Tadeu.

O envolvimento com a comunidade o fez sempre acompanhar de perto um problema crônico do município, que é a falta de opções de emprego. Sem oportunidades onde nasceram e cresceram, ao terminarem os estudos, os jovens saem da cidade em busca de trabalho. “Precisamos trazer alguma oportunidade de trabalho para eles ficarem, mesmo que fosse na agricultura. Para isso, basta gerir melhor os recursos que vêm do governo. Contudo, as administrações preferem fazer da prefeitura um cabide de emprego, atrás de votos, e esquecem que as pessoas são livres e merecem trabalhar com dignidade”, critica.

Outra área essencial é para ele é a da Habitação, já que, segundo Pedro, há 12 anos não é construída uma casa com recursos públicos no município. “Falta mais determinação política. Temos área para construção, e é só negociar com o governo e desapropriar os locais para fazer casas na cidade”, opina.

Eleições – Além de Pedro, a administração municipal conta ainda com dois vereadores do PSD. Ele conta que o partido continuará a lutar por melhorias na cidade. “O PSD é um partido sério e companheiro. Não vou concorrer a nenhum cargo nestas eleições, mas ajudarei na preparação de nossos candidatos a vereador para a disputa eleitoral”, conclui.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter