GESTÃO

Votuporanga investe em obras de infraestrutura e saneamento

Prefeito João Dado assinou ordem de serviço para o início de programação de obras que inclui conclusão da Estação Compacta de Tratamento de Esgoto


24 de setembro de 2020

O prefeito João Dado assina a ordem para o início das obras

 

O prefeito de Votuporanga, João Dado (PSD), assinou nesta terça-feira (22) a ordem para o início de diversas obras no município de cerca de 94 mil habitantes do interior do Estado de São Paulo, entre elas os serviços para a melhoria da infraestrutura do 7º Distrito Empresarial e a conclusão da Estação Compacta de Tratamento de Esgoto (ECTE), na Vila Carvalho. O pacote de obras inclui, ainda, a abertura da rua Olga Lotti Camargo para interligação com a rua Arthur de Oliveira, além da instalação de elevadores no novo Paço Municipal, prevista para o segundo semestre de 2021, e de câmeras para o monitoramento eletrônico no Centro de Proteção da Vida Animal (CPVA).

No 7º Distrito Empresarial a administração vai implantar sistema de captação e abastecimento de água, rede coletora de esgoto, galerias de águas pluviais, pavimentação asfáltica, guias, sarjetas e calçamento. As obras contarão com investimento de R$ 2.694.055,35, valor que ficou cerca de 32% abaixo do inicialmente previsto, e devem ser finalizadas em fevereiro de 2021.

Prevista para os próximos 90 dias, a conclusão da ECTE, localizada em área de 1,2 mil metros quadrados às margens da estrada municipal Fábio Cavalari, permitirá a coleta e o tratamento de 100% do esgoto produzido pelas famílias que residem na Vila Carvalho. De acordo com a administração, a melhoria é reivindicada pelos moradores há mais de 100 anos. Nesta terceira etapa, a obra receberá investimento de R$ 273.795,78. “É uma obra muito importante, que vai resolver definitivamente o problema de toda a região Sul de nossa cidade”, destacou o prefeito João Dado.

 

João Dado: obra permitirá a coleta e o tratamento de 100% do esgoto produzido pelas famílias que residem na Vila Carvalho

 

No Centro de Proteção da Vida Animal (CPVA), que receberá câmeras de monitoramento nos próximos 15 dias, a administração vai investir R$ 6.758, quantia que representa 53% do valor previamente orçado. Além de garantir mais segurança à população e aos profissionais que trabalham na unidade, a medida pretende inibir o abandono de animais nas proximidades do centro.

A Prefeitura também vai investir R$ 60.436,66 na interligação das ruas Olga Lotti Camargo, no Jardim Santos Dumont, e Arthur de Oliveira, no bairro Estação, que será finalizada ainda em 2020. O montante é 10% menor que o valor inicialmente previsto. Entre os serviços que serão executados estão a reinstalação de postes da rede de energia elétrica, pavimentação asfáltica e adequação das galerias de águas pluviais.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter