ENCONTRO DEMOCRÁTICO

Em debate, os fortes impactos das inovações tecnológicas

O economista Octavio de Barros, palestrante desta segunda (10), vai falar sobre as mudanças que prevê para os próximos anos no cotidiano das pessoas, nas empresas, no mercado de trabalho e na política


06 de setembro de 2018

Além da atividade na área econômica de grandes instituições financeiras, Barros atuou como diretor setorial de Economia da FEBRABAN

 

As empresas que não forem capazes de se antecipar às grandes transformações que estão ocorrendo em todo o mundo vão definhar gradualmente. O alerta é do economista Octavio de Barros, que será o palestrante do Encontro Democrático desta segunda-feira (10), quando irá falar sobre os impactos provocados pelas chamadas inovações tecnológicas disruptivas (que provocam uma ruptura com os padrões, modelos ou tecnologias já estabelecidos no mercado).

Barros, que foi economista-chefe do Bradesco por 15 anos e do Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) por outros cinco, mostrará em sua palestra que, a partir da revolução digital e cognitiva em andamento, ocorrerão fortes mudanças na sociedade nos próximos anos, com reflexos no cotidiano das pessoas, nos modelos empresariais, no mercado de trabalho e mesmo na política.

Intitulada “Os bárbaros atacam os impérios: o combate entre a agenda do passado e a agenda do futuro”, a palestra desta segunda-feira integra a série de Encontros promovida pelo Espaço Democrático – a fundação do PSD para estudos e formação política –, com o objetivo de analisar temas relevantes para a sociedade brasileira, gerando conhecimento para orientação dos integrantes do partido em seus diversos campos de atuação. Os eventos são transmitidos ao vivo pela página do Espaço Democrático no Facebook.

A cada evento, os palestrantes convidados são personalidades de destaque em diversas áreas de atuação. O palestrante desta segunda, Octavio de Barros, tem doutorado pela Universidade de Paris 10-Nanterre e é cofundador e sócio da Quantum4 Soluções de Inovação e presidente do conselho do think tank da República do Amanhã no Brasil e do Institut République na França. Além de sua atividade na área econômica de grandes instituições financeiras, atuou também como diretor setorial de Economia da FEBRABAN. Ex-assessor do Ministério da Fazenda em duas ocasiões, foi o primeiro economista-pesquisador convidado do Banco Central do Brasil. Nos anos 1990, atuou como consultor do BNDES e economista-pesquisador convidado do Development Center da OCDE. Em 1994, foi fundador da SOBEET (Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica).

 

INFORMAÇÕES

Data: Segunda-feira, 10 de setembro, 16h

Local: Fundação Espaço Democrático

Rua Santo Antônio, 182/184 – 14º Andar

Centro – São Paulo (SP)

 Comente!



*

multimídia Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter