Mogi das Cruzes

Transporte mais fácil na Região Metropolitana de São Paulo

Deputado federal Marco Bertaiolli, do PSD, conseguiu com o governador João Dória a ampliação nos horários do Trem Expresso


05 de fevereiro de 2019

 

O deputado Marco Bertaiolli e o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

 

Desde a última segunda-feira (4), os trens do Expresso Leste estão circulando, entre 9h e 15h sem a necessidade da baldeação em Guaianases, no extremo Leste da cidade de São Paulo. Nos finais de semana e feriados, a operação direta ocorrerá no tempo integral. “A baldeação em Guaianases está com os dias contados. Esta ampliação nos horários é um ganho enorme para quem utiliza os trens da CPTM”, destaca o deputado federal Marco Bertaiolli, do PSD de São Paulo, que vem intermediando o fim da baldeação junto à Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos e à própria CPTM. Os horários das viagens do Expresso Leste já realizadas ao longo do dia serão mantidos.

“Esse é um compromisso do meu mandato e também do governador João Doria“, diz ele. “Em um mês de mandato do governador e com quatro dias do meu mandato, os trens do Expresso Leste já começam a operar em horário ampliado, beneficiando milhares de trabalhadores”. O deputado adianta que nos próximos meses a CPTM deverá implantar o sistema em todos os horários, acabando definitivamente com o sofrimento em Guaianases. “É com este objetivo que vamos continuar trabalhando todos os dias”.

 

O presidente da CPTM, Pedro Moro, que explicou o andamento do processo e a necessidade da realização das análises técnicas

 

O deputado acompanhou o início da operação na Estação Central de Mogi das Cruzes ao lado do secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, e do presidente da CPTM, Pedro Moro, que explicou o andamento do processo e a necessidade da realização das análises técnicas e dos testes que vem sendo realizado pela Companhia desde o início deste ano.

“Essa é uma transição complexa, que envolve, inclusive, o treinamento dos maquinistas. O trem do Expresso Leste, por exemplo, possui um sistema diferente de operação”, destacou Moro, com quem o deputado Bertaiolli já se reuniu duas vezes neste ano justamente para tratar deste assunto e acompanhar a programação. “Precisamos entender a complexidade do sistema, uma vez que mais de 220 mil passageiros utilizam por dia a linha 11, entre Mogi das Cruzes e Guaianases (em São Paulo)”, destacou o deputado federal.

Reforma das estações

Bertaiolli lembrou ainda que as obras de modernidade e acessibilidade das estações Jundiapeba, Braz Cubas e Estudantes, além da construção da nova Estação Mogi das Cruzes, estão no cronograma da Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos. “Nós temos conversado com o secretário Baldy, que já determinou que a CPTM faça os estudos necessários. Quando era prefeito de Mogi das Cruzes fizemos a nossa parte, que era a construção da passagem subterrânea na Praça Sacadura Cabral. Agora, falta a CPTM”, destacou.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter