SAÚDE

Cajamar inaugura Centro Médico de Combate ao Coronavírus

Construída em apenas sete dias pela gestão do prefeito Danilo Joan (PSD), unidade conta com 32 leitos equipados com respiradores, farmácia, quartos para isolamento e laboratório


01 de abril de 2020

O prefeito Danilo Joan: “Se o cidadão cajamarense precisar usar, nós estaremos equipados.”

 

Em Cajamar, município de cerca de 76 mil habitantes da Região Metropolitana de São Paulo, a gestão do prefeito Danilo Joan (PSD) inaugurou nesta segunda-feira (30) o Centro Médico de Combate ao Coronavírus. Construída em apenas sete dias, a unidade é composta por dez leitos de UTI, 18 leitos de retaguarda e quatro de emergência, todos equipados com respiradores.
O Centro conta com salas de inalação e medicação, farmácia, banheiros com acesso para cadeirantes, quartos de isolamento e um laboratório, onde serão realizados testes rápidos para detecção do coronavírus, causador da doença respiratória Covid-19. A cidade adquiriu 3.500 kits de testes, que devem ser entregues ainda nesta semana.

O Centro conta com salas de inalação e medicação, farmácia, banheiros com acesso para cadeirantes, quartos de isolamento e um laboratório

 “Espero que ninguém precise usar essa estrutura, mas se o cidadão cajamarense precisar usar, nós estaremos equipados. Cajamar declarou guerra a esse vírus, que tem causado estrago no mundo inteiro. Há muitas pessoas chorando por perder entes queridos para o coronavírus”, declarou o prefeito em vídeo gravado durante visita ao Centro Médico, que foi divulgado em suas redes sociais.
O prefeito destacou, ainda, que a unidade dispõe de três ambulâncias, um ambulatório móvel para atendimentos emergenciais e quatro carros cedidos pela Câmara Municipal para atendimentos domiciliares. Durante a visita ao Centro, ele foi acompanhado pela secretária municipal de Saúde, Patrícia Haddad.
De acordo com o boletim da Vigilância Municipal de Saúde divulgado nesta segunda-feira (30), Cajamar tem dois casos confirmados de Covid-19. Outros sete foram descartados e ainda há 25 suspeitos.

 Comente!



multimídia
Vídeos
WhatsAppFacebookTwitter